VIKINGS 4ª TEMPORADA EPISÓDIO 15

STAR WARS UMA HOMENAGEM A PRINCESA LEIA:

VIKINGS 4ª TEMPORADA EPISÓDIO 14

VIKINGS EP15 E 16 - MATÉRIA ATUALIZADA:

15 de jan de 2015

Homem-Aranha filmes: 1, 2, 3 - detalhes e crítica da trilogia

 SEÇÃO O MELHOR DOS FILMES  



 Aviso: "essa matéria contêm: os três filmes da trilogia feitas pelo diretor Sam Raimi, detalhes importantes, e os motivos que levaram o cancelamento do quarto filme".



 Você se lembra de como era o filme do Homem-Aranha 1. Se não, vai se lembrar agora de momentos inesquecíveis daquele que foi o melhor filme de Super-Heróis de origem já criado na história dos cinemas. 




 O primeiro Peter Parker nas telonas é um mito por trás de um nerd inteligente e menosprezado pelo pessoal da sua escola. 




 O cara era gamadão na sua colega Mary Jane Watson.




 Porém ela já estava de caso com o seu inimigo Flash Thompson, que gostava de o humilhar em público.





 Havia também o seu melhor amigo, Harry Osborn, que podendo o defendia.




 Peter Parker muda sua vida para melhor quando é picado por uma aranha criada geneticamente. E aí o resto você já sabe: ele ganha super poderes e forças incríveis.  





 Realmente é muito legal ver a maneira como Peter Parker luta contra o Flash, e o motivo dos dois brigarem.




 E o super soco que Peter dá em Flash é para deixar qualquer um de queixo caído. 




 O filme conta muito bem como o Peter Parker chega a se tornar o Homem-Aranha: o seu uniforme original, a sua luta nos ringues, e os momentos muito engraçados dele com certos personagens.



 Homen-Aranha 1 Bônus especial, clique na imagem abaixo: 



 Mas existem partes que também são sérias, e foram criadas da forma mais correta possível no filme, como por exemplo: a morte do tio Ben.




 A Morte do tio Bem no Homem-Aranha 1 é tratada como um evento importante de narrativa.


 Aqui o Peter Parker persegue até o fim o bandido que assassinou o seu tio, e acaba com ele. Diferente do Espetacular Homem-Aranha 1, no qual o Peter Parker abandona o bandido no meio da perseguição (uma falta de vergonha do roteirista).




 A segunda metade do filme é para arrebentar mesmo. É o começo das batalhas contra o Duende Verde - que joga bombas capazes de dissolver as pessoas transformando as em ossos.



 O Homem-Aranha ganha as melhores cenas de ação, com focagens espetaculares de câmeras graças ao potencial do diretor Sam Raimi.




 E sobre o Duende Verde 


 Ele não poupa esforços para atacar o Homem-Aranha e muito menos seus inimigos e inocentes. Um grande filme sim, que teve: a melhor história de contar a origem do herói, conseguir dar um forte vilão já para a primeira trama, tendo um elenco de peso para representar os personagens de destaque. 





 Homen-Aranha 2 Bônus especial, clique na imagem abaixo: 




 "Um filme de 2004 que leva a sua marca como um dos melhores filmes do Aracnídeo". 



 Existem coisas que não vão mudar nunca, filmes épicos de Super Heróis é como um tesouro achado, guardado e memorável. E o filme Homem-Aranha 2 de Sam Raimi possui uma narrativa impecável, que o torna 99% perfeito em tudo.



 Mas o que faz esse filme ser tão bom assim? 


 O Homem Aranha 2 tem: uma história interessante (sem complicações, não havendo coisas tão paradas, nem subtramas abusivas de vilões), possuindo um conjunto de personagens dinâmicos vinculados ao Peter Parker, e fortes cenas de ação que valem à pena serem assistidas. 



 Personagens interessantes como: o simpático e engraçado JJJ (que é dono do jornal novaiorquino Clarim Diário).



 Vilões como Doutor Octopus, que estão dispostos a fazer de tudo para conseguir realizar seus objetivos.



 Tanto o Peter Parker como o Homem-Aranha fazem jus a sua performance e diálogos, conseguindo os dois convencer o público com seu espetáculo a parte. 



 Cenas iguais a essa logo abaixo ficam seladas para sempre: 


 A luta do Homem-Aranha contra o Dr. Octopus no metrô é um dos momentos mais legais de se ver no filme.



 E o final, é aquele final histórico mesmo! No qual o Peter Parker salva com todas as suas forças a amada Mary Janne da pior das situações.



 O tamanho poder narrativo do Homem Aranha 2 chega a ser insuperável em histórias de super-heróis de filmes. Se o Espetacular Homem Aranha 1 e 2 tivesse tido um tamanho poder de história como essa, hoje ele não estaria tendo problemas para seguir em frente como um futuro filme que possa tampar os seus tantos erros já cometidos. 


 Homen-Aranha 3 Bônus especial, clique na imagem abaixo: 




 O Homem-Aranha 3 é um filme que surgiu graças ao sucesso estrondoso dos dois filmes anteriores. 



 E aí veio a grande armadilha: porque ele atraiu muita gente para o cinema, mas esse terceiro filme possuía uma história genericamente fraca para com o vilão Venom e outros personagens.


 Falar disso, é saber dos motivos que fizeram o filme do Homem-Aranha 4 com Tobey Maguire ter sido cancelado de vez, e surgir a nova franquia do aracnídeo. 




 É bom entender que o Homem-Aranha 3 não foi um fracasso de bilheteria, afinal o filme rendeu até demais na época, sendo a mais rendável do super herói nos cinemas. 



 Haviam algumas cenas interessantes no filme, mas o problema mesmo estava nos novos personagens e vilões.



 Porém o desenvolvimento desse terceiro filme nasceu em meio a um caminho no qual o diretor Sam Raimi não pretendia seguir: que foi descartar o Abutre como vilão e ter colocado o Venom no lugar por pressões superiores. E como disse o próprio diretor, esse era o vilão que ele menos gostava.





 Em fim terminou o Homem-Aranha 3. E mais a frente Raimi já estava disposto a consertar os erros desse último filme, e pronto para dirigir o quinto e sexto filme do Homem-Aranha. Mas a Sony já tinha uma data muito próxima para o quarto filme, e seria obrigada a cumprir neste prazo para não perder os direitos da história.


 Nisso Raimi não estava de acordo com o roteiro, e nem com a insistência da Sony em manter o Venom como vilão, sendo que para o diretor este era o principal causador da fraca trama do Homem-Aranha 3.




 Além disso o diretor queria ainda ter o Abutre como vilão principal do quarto filme. Raimi até escolheu John Malkovich para ser este personagem. Aí deu iniciada uma guerra devido à constante presença dos executivos da Sony no processo criativo do filme. E aí o bicho pegou feio. 


 Com Raimi ficando impedido do controle artístico do filme, criaram problemas que levaram o Homem-Aranha 4 a ser adiado por meses.
 O produtor pedia desculpas pelo inconveniente e sugeria: "Seria melhor vocês começarem a procurar outro trabalho". 


 Numa reunião de urgência a Sony deu a solução radical: retirar toda a equipe e começar as histórias do Homem-Aranha do zero, tendo um diretor mais barato e um novo elenco. 




 Assim abriram se as portas para o diretor Marc Webb, e para um novo ator assumir o papel de Peter Parker. Com isso terminou se o clássico (que foi um sucesso) e veio o Ultimate, sendo a queda da franquia por culpa de péssimos: roteiros e criatividades para com diversos vilões.