VIKINGS 4ª TEMPORADA EPISÓDIO 15

STAR WARS UMA HOMENAGEM A PRINCESA LEIA:

VIKINGS 4ª TEMPORADA EPISÓDIO 14

VIKINGS EP15 E 16 - MATÉRIA ATUALIZADA:

20 de fev de 2016

Vikings 4ª temporada - episódios 1 e 2

 SEÇÃO O MELHOR DAS SÉRIES




 Chegamos numa das fases mais cruciais dos Vikings, que é quando Rollo passa para o lado do inimigo vindo a trair o seu povo. Diferente da sua primeira traição, aqui Rollo precisa agir assim devido o tratado que fez com Charles para que se casasse com sua filha. E lembrando também, toda descendência de Rollo nos históricos será católica.




 Já recordando, como dito na matéria do episódio 10 da 3ª temporada dos Vikings, o destino de Rollo não é uma mera ficção, ele assim como Ragnar e sua família, existiram de verdade. E na história real, esse tratado com Charles ocorreu mesmo para que Rollo os defendesse dos nórdicos.



 O episódio 1 da 4ª temporada dos Vikings tem uma amostra bem clara da firmeza de Rollo ao cumprir sua palavra, havendo um brutal ataque a uma pequena parcela do seu povo nórdico que havia ficado com ele nas terras francesas. 



 Já sobre Ragnar, se a série seguir ao pé da letra como foi sua trajetória final, ele acabaria morto pelo rei Aelle de Nortúmbria, sendo arremessado num poço cheio de serpentes. Porém é muito improvável que isso aconteça assim, já que esse rei é um personagem não notável até então pela série, sendo o grande vilão, o rei Ecbert.



 No episódio 1, Floki é preso por ter matado Athestan, sendo apedrejado pelas crianças. Ele não morre e fica aprisionado no tronco.



 O destaque mais chocante deste episódio 1 vai mesmo para Lagertha que antes de matar seu opositor, arranca lhe o pênis com a própria mão fazendo o sofrer muito antes de morrer.



 Fora a separação entre o cristianismo e o paganismo no qual seguem a cultura viking, temos aqui os diferentes grupos e personagens na série, que  seguem um caminho próprio não conjuntivo entre eles. Entretanto é muito difícil saber como essa quarta temporada irá se desenrolar. 



 O episódio 2 é aquilo que queríamos ver também, sobre os outros personagens que constituem a trama.



 Temos aqui rei Ecbert e sua nova promessa sendo realizada para satisfazer Judith.



 Mais ao final deste segundo episódio, um ataque a rainha da Mércia que é quase morta ao estar aprisionada numa torre,...




 ...que por pouco não é salva pelo príncipe Aethelwulf.



 Este é também um episódio triste, porque a filha de Floki morre em meio ao inverno gelado. 



 Comovido com o sofrimento da esposa do amigo infiel, Ragnar decidi continuar a abrir a cova para ela e assim colocar o corpinho da pobre menina.


 Tudo que tem ocorre nos episódios 2 e 3 há um motivo: é o desenvolvimento de tramoias, alianças e ligações entre personagens que vão a se tornar fortes mais para frente.